Notícias

Sana Hotels garante que desconhecia reunião de extrema-direita no Sana Lisboa

A cadeia hoteleira sublinha que respeita e promove a diversidade, a não discriminação e a cidadania.

A cadeia hoteleira Sana Hotels anunciou em comunicado que desconhecia que um dos seus hotéis – no caso, o Sana Lisboa – ia acolher a conferência internacional de extrema-direita, que se realizou no passado sábado.

“As unidades hoteleiras Sana recebem diariamente reuniões e eventos organizados por empresas e outras entidades oriundas de todo o mundo, sendo os respetivos temas e agendas alheios à Sana Hotels e, em alguns casos – como o da reunião que teve lugar no passado dia 10 de agosto no Sana Lisboa –, inteiramente desconhecidos da direção do hotel e da Sana Hotels”, refere a cadeia hoteleira, em comunicado divulgado no Facebook em Português e em Inglês.

A Sana Hotels sublinha que “não apoia qualquer atividade” que coloque em causa os valores essenciais da igualdade e da tolerância. “A Sana Hotels respeita e promove a diversidade, a não discriminação e a cidadania”, frisa.

A reunião de extrema-direita contou com a presença de cerca de 70 pessoas, de acordo com o jornal Público.

Tags: Eventos, Venues, Hotéis, Sana Hotels

14-08-2019