Reportagens

Ceará e as vantagens do hub aeroportuário

Participando com frequência nas feiras internacionais para colocar o estado na lista de destinos dos viajantes, o Ceará também esteve presente na BTL com stand próprio, distribuição das icónicas sacolas grandes e coloridas e a simpatia de sua secretária de estado do turismo, Denise Carrá.

Graças ao hub aereoportuário e ao maior centro de eventos da América Latina, em Fortaleza, o Ceará vem conquistando um lugar diferenciado na rota de destinos para lazer e negócios no Brasil.

Se em 2017 a frequência era de 14 vôos internacionais por semana, agora o estado do Ceará conta com 48 vôos internacionais semanais, ou seja, um incremento significativo nesta área e que estimula todo o trade a investir em serviços e experiências diferenciadas. Além do pioneirismo da TAP, que há 20 anos viaja para a região, agora também há vôos directos para Paris com a Air France, para Amsterdão com a KLM, e para Frankfurt com a Condor, facilitando ao viajante a logística e colocando o litoral com mais de 500 quilómetros de praia ao alcance do mercado europeu.

Leia também:

A BTL e a divulgação do Brasil como destino turístico
Galeão: Um aeroporto com vantagens para a meeting industry
Rio Grande do Norte o o turismo além de sol e mar
TAP comemora 74 anos e quem ganha presentes são os clientes

 


Segundo a secretária, paraísos que oferecem aventura, diversão em desportos náuticos para casais ou famílias e as areias de Jericoaquara, Morro Branco, Canoa Quebrada, Fortim, Lagoinha, Flecheiras e mais uma infinidade de atracções regionais estão aumentando o interesse dos viajantes pelo Ceará. Contudo, os portugueses ainda estão em 5º lugar no ranking de visitantes, atrás dos franceses, italianos, alemães e argentinos, daí o esforço de promoção do destino na BTL este ano.

E afirma, “estamos mostrando aqui nossa vocação de praia, mas também investimos em roteiros de montanhas, rota do café, o turismo religioso e a aventura com o geopark Cariri com sítios arqueológicos, fósseis e formação rochosa de milhares de anos. Com isso pretendemos aumentar nossa participação no mercado português em 17% este ano”.

Rose de Almeida
www.micebusiness.com.br

Tags: Brasil, BTL, Ceará

20-03-2019