Reportagens

Dos eventos à vacinação: espaços que fazem parte da solução

O Altice Forum Braga e a Sala dos Fornos da Oliva Creative Factory são espaços para eventos que, no combate à pandemia, também assumem a forma de centros de vacinação.

São vários os venues em Portugal que, no atual combate à pandemia por Covid-19, não recebem apenas eventos e espetáculos nas suas salas ou pavilhões. Alguns desses espaços foram transformados em centros de vacinação, como são exemplo o Altice Forum Braga e a Sala dos Fornos da Oliva Creative Factory, em São João da Madeira. A Event Point falou com responsáveis dos dois venues, que consideram essencial estar ao serviço da população neste combate.

 

“É essencial fazermos parte da solução”

O Altice Forum Braga foi o lugar escolhido para acolher um centro de vacinação na região. “Braga é um dos maiores concelhos de Portugal, tendo sido, por isso, imperativo criar condições para que o processo de vacinação pudesse decorrer de forma célere e com todas as comodidades para a população”, conta Carlos Silva, administrador executivo da InvestBraga, acrescentando que o venue “afigurou-se como a solução mais viável para apoiar o Agrupamento de Centros de Saúde Cávado I no desenvolvimento de toda a dinâmica para a vacinação”, já que o espaço “reúne todas as condições para os profissionais de saúde e para os utentes, bem como para a acomodação das vacinas e para a prática da vacinação”. Foi, por isso, “a solução proposta pela Câmara Municipal de Braga para esta operação”.

O espaço e a autarquia estão envolvidos na operação de vacinação em massa, desde o início do processo, “tendo contribuído para o desenho da mecânica utilizada no concelho, que, atualmente, contribuiu para que este seja o centro de vacinação que atinge mais recordes na administração das vacinas contra a Covid-19”, frisa José Olímpio, diretor operacional, que explica ainda que, “além de acompanharmos de perto todo o processo e de apoiarmos logisticamente todas as necessidades das autoridades de saúde, disponibilizamos, com o apoio da Mobiqueue, uma startup da comunidade do hub de inovação da InvestBraga, um sistema de gestão de filas”. O espaço exterior do Altice Forum Braga é também um “bom aliado” em todo este processo, “uma vez que permite que os utentes possam estacionar gratuitamente os seus veículos, evitando o condicionamento das vias de trânsito”.

Ainda de acordo com José Olímpio, o centro de vacinação está a funcionar em pleno diariamente, “o que maximiza a capacidade de vacinar a população bracarense”. Aliás, “o Altice Forum Braga tem alcançado números interessantes na administração de vacinas, ultrapassando os números registados noutros centros de vacinação nacionais, e muito recentemente efetuou num único dia 2.722 vacinas, que se tornou um recorde nacional”. Este número foi alcançado a 15 de maio. O total de inoculações, registado a 19 de maio, é de 55 mil (primeira dose) e 21 mil (segunda dose).

Em termos de organização, acrescenta o responsável, foram criados micro espaços de apoio ao processo, com uma sala de espera para o momento da chegada, outra para o momento de admissão e ainda uma outra para os picos de chegada de utentes, para além da sala de recobro. A saber que o tempo médio de espera dos utentes é inferior a 14 minutos até ser vacinado. O centro conta ainda com postos individuais para a vacinação e espaços de trabalho para os profissionais de saúde.

“A par de todo este processo, instalámos, com o apoio da Mobiqueue, um sistema de gestão de filas, que já havíamos testado no momento das eleições presidenciais antecipadas. Esta ferramenta, além de tornar o processo de chamada dos utentes mais eficaz, permite monitorizar a evolução das filas, o que nos permite aferir tempos de espera, melhorando, sempre que necessário, os procedimentos associados a esta complexa organização, porque nos dá em tempo real e estatístico a informação necessária ao controle de todas as fases”, esclarece José Olímpio.

 

eventpoint eventos events venues vacinacao covid19 alticeforumbraga

Num só dia foram dadas 2.722 vacinas, um recorde nacional | ©Altice Forum Braga

 

A experiência no setor dos eventos é uma mais-valia no desenvolvimento deste processo. Segundo Carlos Silva, “uma das grandes vantagens em estarmos associados a este projeto passa pela aplicação de todo o conhecimento que temos na área da organização de grandes eventos no processo da vacinação, uma vez que conseguimos antever necessidades operacionais antes das mesmas surgirem, estudando todos os casos e encontrando soluções antecipadamente. Sabemos como construir eventos e como torná-los eficientes e eficazes e, sobretudo, compreendemos a importância de desenvolvermos um serviço de qualidade de forma transversal”.

O responsável adianta que, “em conjunto, conseguimos fazer um planeamento da operação e dos recursos necessários em operações de grande dimensão da vacinação e ajudamos a preparar com sucesso, minimizando o tempo de espera das pessoas, e conseguimos criar as condições ideais para quem tem de ser vacinado”.

Com a reabertura do setor dos eventos, é necessário pensar na nova dinâmica do espaço. Carlos Silva refere que, enquanto Braga não tiver a maioria da sua população vacinada, o centro de vacinação vai permanecer no Altice Forum Braga. “Mas temos também consciência de que o setor dos eventos volta a ganhar novo fôlego, pelo que estamos a trabalhar na conjugação das duas realidades: a dos eventos e a do centro de vacinação.” Exemplo disso é o trabalho em torno da 30ª Feira do Livro de Braga, que vai realizar-se no pavilhão, em simultâneo com o centro de vacinação, havendo vantagens para todos, já que tornam “os tempos de espera em momentos de cultura” e dão, por outro lado, “a possibilidade de os utentes poderem assistir à programação da feira do livro e até comprar alguma obra literária”.

Carlos Silva acrescenta que, estão em agenda “outros eventos que serão conciliados com o centro de vacinação no sítio onde se este se encontra atualmente”, mas que, “todavia, está a ser equacionada a alteração do recinto onde decorre a vacinação na altura em que tivermos menos pessoas a necessitarem da inoculação”.

O Altice Forum Braga colocou-se, desde o início da pandemia, ao dispor da comunidade, na luta contra a Covid-19. Acolheu no parque de estacionamento um centro de despiste à doença, no modelo ‘drive thru’, que ainda está ativo, além de várias iniciativas ligadas aos profissionais de saúde, “que visaram a reciclagem de conceitos e a aprendizagem de novas formas de interpretar a pandemia”. Na véspera do segundo confinamento, foi o espaço escolhido para a votação antecipada das eleições presidenciais e, recentemente, acolheu os dois primeiros eventos-teste em Portugal, realizados ao ar livre, “o que fez com que tivéssemos criado um centro de testagem rápido e um recinto de espetáculos com todas as normas de segurança”.

Carlos Silva sublinha que “para o Altice Forum Braga e para as nossas equipas é essencial fazermos parte da solução, quer do ponto de vista de saúde pública, quer como agente dinamizador da nossa atividade core, pelo que estamos, estivemos e estaremos sempre disponíveis para acolher e levar a cabo iniciativas que visem mitigar a Covid-19, garantindo conforto, segurança e qualidade de serviço”.

 

O combate à pandemia "tem de estar no centro das atenções de todos"

A Sala dos Fornos da Oliva Creative Factory, em São João da Madeira, apresentou-se como a melhor solução para a criação do centro de vacinação. “Desde a primeira hora que o município de São João da Madeira disponibilizou recursos materiais e humanos para apoio ao combate à Covid-19, afetando pessoas e equipamentos da autarquia a funções de apoio à Proteção Civil e às autoridades de saúde, de forma a travar a progressão da pandemia. Nesse quadro, com o encerramento ou redução da atividade noutras áreas – casos da Cultura, da Educação, do Turismo e do Desporto –, muitos meios foram canalizados para ajudar no grande desígnio de fazer à face ao SARS-CoV-2 e aos seus efeitos na saúde, mas também a nível social e económico”, começa por explicar Andrea Coelho, responsável pela coordenação e pela gestão da Oliva Creative Factory.

 

eventpoint eventos events venues vacinacao covid19 olivacreativefactory

Sala dos Fornos | ©Oliva Creative Factory

 

E foi nesse contexto que a Sala dos Fornos, que se dedica à realização de eventos, “foi reafetada para a prestação de serviços importantes na luta contra a Covid-19, tirando-se partido das condições e especificidades do espaço, bem como da sua localização e facilidade de acesso”.

O apoio à população e ao combate à pandemia não é de agora. Segundo Andrea Coelho, numa fase inicial, o venue “albergou um centro de testes ‘drive thru’ e, mais recentemente, passou a acolher o Centro Municipal de Vacinação de São João da Madeira, o primeiro a entrar em funcionamento no território abrangido pelo Agrupamento de Centros de Saúde de Entre Douro e Vouga II – Aveiro Norte”. Além do espaço, a autarquia presta apoio ao funcionamento do centro de vacinação, através do serviço de Proteção Civil. “Assegura também toda a manutenção do espaço, quer a nível logístico, quer de limpeza”, adianta a responsável.

O centro de vacinação, instalado na Oliva Creative Factory, vai continuar ao serviço da população e durante o tempo que for necessário. Até porque “a vacinação é indispensável para que outras atividades possam voltar, dentro do possível, à normalidade pré-Covid”. E quanto aos eventos? “Felizmente, o município de São João da Madeira dispõe de outros espaços de qualidade, mesmo dentro da própria Oliva Creative Factory, que podem acolher eventos, no âmbito do desconfinamento faseado em curso e respeitando todas regras sanitárias definidas face à pandemia”, sublinha Andrea Coelho.

A responsável defende ainda que “o combate à pandemia e aos seus efeitos aos mais variados níveis é essencial e tem de estar no centro das atenções de todos, particularmente das instituições públicas”. Por isso, acrescenta, “tem sido, desde o início de 2020, a grande prioridade da ação da Câmara Municipal de São João da Madeira”. Até ao final da terceira semana de abril, já tinham sido administradas cerca de oito mil doses de vacinas contra a Covid-19 no centro de vacinação instalado na Sala dos Fornos da Oliva Creative Factory.

 

Maria João Leite

 

Fotografia de abertura:

Sala dos Fornos, agora transformada no Centro Municipal de Vacinação de São João da Madeira | ©Oliva Creative Factory

 

Tags: Venues, Eventos, Altice Forum Braga, Oliva Creative Factory, Vacinação, Covid-19

31-05-2021